quarta-feira, 21 de outubro de 2009

Não mais, pra mim não.

Agora tanto faz se foi bom ou ruim. Se você chora ou se sorri. Se ama ou odeia.Se espera ou corre atras. Se tanto faz ou tanto fez. Se machuca ou cura. Se vive ou morre. Tanto faz, agora tanto faz. Eu procuro mesmo é tentar ficar em paz, viver a vida da maneira certa, aos meus olhos, buscar sempre ir o mais longe possível, correr sempre na frente, nunca esperar, nunca mais TE esperar.
A vida nos possibilita de várias formas, e porque eu irei joga-las fora? Porque eu irei largar o que eu já comecei a fazer? Porque desistir de sonhos não impossiveis? Porque chorar quando posso sorrir? Porque deixar de ser o que eu quero ser? Pra que esconder o que eu quero mostrar?
É, eu simplesmente cansei de fingir que não me importo com coisas que caminham lado a lado comigo em um mundo de trevas. Eu não quero mais ser seu fantoche, eu NÃO vou mais ser o que não me convem. Escolhas podem não ser faceis, mas tambem não são pra sempre, o pra sempre tambem acaba. O que importa é valer a pena.

Por: Tata fonseca

4 comentários:

  1. Em algum lugar, longe daí, alguém pensa e sente o mesmo que você ;[

    ResponderExcluir
  2. "Complicadas" são uma forma delicada demais pra caracterizar isso tudo ;]

    ResponderExcluir